RSS

Fábulas do Tempo e da Eternidade

26 out

Nunca mais o tempo será o mesmo… 

O próprio Universo um dia deixará de existir. Daqui a incontáveis bilhões de anos, as galáxias estarão a imensas distâncias umas das outras, e não mais nascerão estrelas. Quando a última destas finalmente se apagar, ainda restarão os buracos negros, os objetos mais longevos que existem. Mas mesmo estes terminarão por evaporar éons depois. Toda a energia se diluirá, a matéria irá se desintegrar, e mesmo os átomos e partículas elementares perderão sua coesão, no momento em que as próprias leis naturais deixarão de fazer sentido.

O Universo será, então um nada, amorfo e escuro. Uma condição bem chata, na verdade, isso se ainda existir vida no nada.

E mesmo assim, o conto Viagem Além do Absoluto, um dos que compõem o livro Fábulas do Tempo e da Eternidade, e que transcorre nesse período da história do Universo, é instigante,  irresistível, e o mais importante, traz muito o que pensar.

Fábulas, de Cristina Lasaitis, é um daqueles livros que quando chegamos no final de cada história, viramos a página e queremos mais.

Não são apenas ótimas histórias, para depois de fechar o livro, jogá-lo em um canto qualquer ou apenas fazer parte da coleção de livros de sua biblioteca. Longe disso. Fábulas do Tempo e da Eternidade, é algo inexplicável. Como um filme que você sai do cinema viajando. Mas ele não é um filme. É um livro, como a alma de sua criadora.

Um poema para a ficção, em linhas descritivas e diretas. Linhas que não agridem a mente do leitor, mas sim que a seduzem.

Se posso dar uma dica de um livro de Ficção para este final de ano, este é o livro. Para os apaixonados pelo poema de ficção. Desprentencioso e apaixonante.

O livro é mais um lançamento da Tarja Editorial, assim como o livro De Roswell a Varginha.

Para adquiri-lo – www.tarjaeditorial.com.br

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em outubro 26, 2008 em Dicas

 

2 Respostas para “Fábulas do Tempo e da Eternidade

  1. cristinalasaitis

    outubro 31, 2008 at 1:07 PM

    Oi Alan!
    Obrigada pela indicação. “Inexplicável” é o melhor adjetivo que o livro recebeu até hoje, adorei ; )
    Fico feliz que tenha gostado.

    Beijos
    Cris

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: