RSS

Deus ‘quer’ wi-fi grátis, onipresente e sem senha, diz ícone do software livre

19 jan

John Hall, da Linux International, participou da Campus Party 2011.
Segundo ele, é possível fazer dinheiro usando hardware e software livres.

Uma das figuras mais importantes do movimento que defende o uso de software livre participou da Campus Party 2011 nesta quarta-feira (19) para convencer as pessoas loucas por tecnologia a usarem seu conhecimento para ajudar os outros. Jon Hall, que há anos luta para se livrar do apelido “Maddog” (em inglês, “cachorro louco”), defendeu ainda a distribuição gratuita de internet via wi-fi nos grandes centros urbanos.

“Internet sem fio livre, que não precisa de senha e nem de termos. Foi assim que Deus entendeu que a internet deveria ser”, afirmou o atual diretor-executivo da Linux International. No evento, Hall voltou a falar no Projeto Cauã, apresentado em julho de 2010 na última Feira Internacional do Software Livre (fisl) em Porto Alegre. O projeto tem como objetivo criar computadores simples e baratos, conhecidos com “thin clients”, para democratizar o acesso à informação.

“Eu fui vendedor de sistemas de computação para levar os PCs para as pessoas. Mas vocês são muito ‘geek’. Vocês ficam tão focados na tecnologia que se esquecem de algumas coisas, como tomar banho”, brincou Hall.

Durante a palestra, ele explicou como é possível ser um empreendedor e fazer dinheiro usando hardware e software livres. “No Brasil, a internet não está tão longe das pessoas que não tem acesso. Eu quero mostrar como todo mundo pode ter internet”, disse.

Segundo “Maddog”, essas pessoas poderiam usar dispositivos de acesso baratos e buscar informação e treinamento para conseguir um novo emprego. “Eu quero criar milhões de empregos, criar computadores mais sustentáveis e fáceis de usar. Nós achamos fáceis porque somos ‘geeks’ e gostamos se sofrer”.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em janeiro 19, 2011 em Novidades

 

Uma resposta para “Deus ‘quer’ wi-fi grátis, onipresente e sem senha, diz ícone do software livre

  1. jrockproject

    janeiro 20, 2011 at 2:01 PM

    Concordo com ele não só no caso do wi-fi, mas de toda Internet, pois a Internet deveria ser livre para todos, e seus usuários determinariam quem pode acessar suas informações na rede, Internet pode se dizer que é uma grande arma para o conhecimento e informação e privar pessoas disso é desacelerar nossos processos de evolução.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: